domingo, 16 de outubro de 2011

A MAGIA DO CHOCOLATE




Macio, suave, sensual, doce, saboroso, intenso, cremoso, sedutor – e delirantemente delicioso. Não admira que o chocolate seja uma paixão ardente no mundo todo. No entanto, dada a imagem pecaminosa que ele tem, a culpa geralmente acompanha a satisfação desse doce prazer. Existe, porém, boas novas com relação ao lado sombrio do chocolate.
Estudos recentes comprovam o que os maníacos por chocolate sempre souberam: o chocolate não causa todos os problemas de que ele é acusado, como acne, obesidade e vício. Na verdade, apreciado com moderação, ele pode proteger o coração, elevar o humor e até aumentar a longevidade. Sim, o chocolate pode ser bom para a saúde!

A ousadia de saber quem é você

O recheio de que você mais gosta pode dizer muito sobre quem você é. Qual deles mais atrai você? Esses recheios – seu aroma, seu sabor, sua textura – estão relacionados ao seu humor, aos seus pensamentos e à sua auto-estima. Depois de entender o que cada um deles indica, você vai conseguir entender melhor os seus sentimentos. Portanto, por que não reserva alguns minutos para o seu chocolatinho e descobrir qual é o seu recheio interior?
  • Abacaxi: Você tem espírito de aventura e adora se divertir. Gosta de aprender e adora conversar – às vezes até um pouco demais.
  • Amêndoas: Pessoa de raciocínio rápido e amante da liberdade, você adora mudanças e a variedade. Pode parecer leviano de vez em quando e ter tendência de passar rapidamente de uma coisa para outra ou de um relacionamento para outro.
  • Amendoim: Você é o tipo de pessoa que adora ficar no ar livre. O tempo é precioso para você e você se envolve muito – às vezes demais – nas atividades do dia-a-dia.
  • Avelã: Você ama a natureza e confia cegamente, crente na sua intuição, que geralmente lhe garante o sucesso. Talvez você tenha de lutar contra a timidez.
  • Café: Um pensador profundo que adora a arte da conversação e do debate, você tem uma mente aberta. Pode ter uma tendência a ser impaciente ou a se concentrar a tal ponto no trabalho que chega a se esquecer de quem ama.
  • Calda de chocolate: Você encara a vida de um jeito leve e gracioso, mas é importante que deixe a sua marca neste mundo. Quando não consegue o que quer, você se sente tolhido e frustrado.
  • Caramelo com nozes: Você é amigo de todo mundo. Tem carisma, mas também pode ser um pouco sedutor ou provocante.
  • Caramelo duro: Você é uma pessoa confiável e não gosta de deixar nada por fazer. A rotina é importante para você. O lado negativo disso é que você pode achar difícil ouvir e respeitar o ponto de vista de outras pessoas.
  • Caramelo macio: Você é uma pessoa afável, com quem todo mundo se sente à vontade. Mas essa afabilidade faz com que você às vezes não receba o crédito ou a recompensa que merece.
  • Cereja: Você tem ânsia pela vida e pelo amor. A sua energia é inacreditável. Só de olhar para você os outros já se sentem cansados.
  • Chocolate: Você consegue rir de si mesmo e não se leva muito a sério. Gosta do jogo da vida e olha o futuro com um otimismo saudável.
  • Coco: Criativo e com dotes artísticos, você gosta de música, da dança e dos ritmos da vida, mas pode parecer um tanto inconstante aos olhos dos outros.
  • Crocante: Você é uma pessoa cheia de idéias e com muita energia criativa. Para você, a viagem é mais importante do que o destino, o que significa que você pode começar projetos e nunca concluí-los.
  • Damasco: Gentil e seguro de si, você gosta de ajudar os outros e de criar um clima de segurança e aconchego à sua volta. Você também pode perder a paciência de vez em quando.
  • Gengibre: Sucesso e poder são importantes para você, e você está preparado para fazer o que for preciso para conquistá-los – mesmo que isso signifique enfrentar a solidão e fazer sacrifícios.
  • Limão: Você gosta de agir â sua maneira, sem dar a mínima para o que os outros estão pensando. Às vezes você pode ser um pouco introspectivo demais e precisa de alguém que o ajude a encarar a vida com mais leveza.
  • Manjar turco: A espiritualidade é um tema importantíssimo na sua vida, e você está sempre buscando mais da vida do que do mundo material. O problema é que, nessa busca por significado, você perde o contato com a realidade.
  • Marshmallow: Você é muito sociável; gosta de festas e de pessoas à sua volta. O perigo é que você pode se cansar facilmente delas.
  • Menta: Elegante e sofisticado, você esbanja carisma. Não é que você não queira assumir compromissos, é que a vida é simplesmente excitante demais e você ama a liberdade.
  • Morango: Amável e carinhoso,você é um eterno otimista e vive cheio de amor pra dar. A sua generosidade faz com que às vezes as pessoas tirem vantagem de você.
  • Nozes: Você encara a vida de maneira aberta e descomplicada. Embora se comunique bem com as pessoas, às vezes prefere ficar sozinho.
  • Passas: Preocupado com a saúde e muito disciplinado, você respeita a si mesmo e aqueles que estão à sua volta. Às vezes, porém, você é um pouco severo demais consigo mesmo.
Evidentemente, isso é só uma brincadeira. Os amantes dos recheios de nozes nem sempre são tão artísticos e os amantes dos recheios de morango nem sempre são carinhosos e prestativos. Mas essa brincadeira pode ajudar você a ter uma idéia a seu respeito. Que tipo de pessoa você é? O que gosta em si mesmo? Quais são seus pontos fortes? E os seus pontos fracos? Quais são os seus sentimentos mais profundos? 

Dê uma boa olhada em si mesmo

 

Dê uma boa olhada na maneira como você vive. Que tipo de coisa chama a sua atenção? Quais são as coisas, além do chocolate, que levantam o seu astral?
Observe a sua vida, isso pode ser muito útil. Dê um passo para trás e simplesmente observe o que você pensa, sente, diz e faz. A auto-observação é uma técnica muito conhecida para aumentar a consciência que você tem de si mesmo. Ela pode ajudá-lo a separar o que você pensa e sente do que você é. Você verá que, ao longo do dia, vários pensamentos e sentimentos fluem constantemente por você. Você perceberá que esses pensamentos e sentimentos, por mais fortes que sejam, estão fora de você. Você é aquele que se permite experimentá-los. Você é quem está no comando.
Quando começar a se conhecer melhor, você também começará a reconhecer acontecimentos, padrões de comportamento, reações ou atitudes que lhe trazem infelicidade. Talvez o seu trabalho o tenha deixado estressado, o seu relacionamento não vá tão bem quanto poderia, você esteja fazendo coisas em consequência da pressão dos amigos e da família ou talvez esteja apenas se sentindo deprimido e não sabe por quê. Seja qual for a razão, depois que conseguir constatar e reconhecer que não está tão feliz quanto gostaria, talvez você possa começar a pensar num modo de fazer mudanças positivas. Você só pode mudar aquilo de que tem consciência.

Extraído de Melhor do que Sexo:
O prazer do chocolate na sua Vida
de Theresa Cheung, Ed. Culturix

domingo, 2 de outubro de 2011

Lavender Fields of Norfolk de Wendy Puerto


CARTA DE ABRAHAM LINCOLN AO PROFESSOR DO SEU FILHO



 
"Caro professor, ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas por favor diga-lhe que, para cada vilão há um herói, que para cada egoísta, há também um líder dedicado, ensine-lhe por favor que para cada inimigo haverá também um amigo, ensine-lhe que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada, ensine-o a perder, mas também a saber gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso, faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros no céu, as flores no campo, os montes e os vales. Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos. Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros, ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros também entraram. Ensine-o a ouvir todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho, ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens choram. Ensine-o a ignorar as multidões que reclamam sangue e a lutar só contra todos, se ele achar que tem razão. Trate-o bem, mas não o mime, pois só o teste do fogo faz o verdadeiro aço, deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a paciência de ser corajoso. Transmita-lhe uma fé sublime no Criador e fé também em si, pois só assim poderá ter fé nos homens. Eu sei que estou pedindo muito, mas veja o que pode fazer, caro professor.”

Abraham Lincoln, 1830
In http://jornaldespertar.blogspot.com/2011/09/o-professor-e-nobre-arte-de-ensinar.html
foto por  New Visions2010